17 marzo 2006

CHAMAMÉ (Seudonovela delirante en portuñol con guaranises). Segunda entrega

*

Agora, te conto que coisa pra minha sorpresa foi, e poso jurar que não minto, que cuando terminei la frase anterior la minina poraité demais ya estava sentada dentro da minha nave conversível, se desabrochando la blusinha azul celeste, me piscando lo ojo como si ouviese sabido da vida toda que este momento chegaría, e por este momento ouviese estado esperando cada día, a toda hora se pintando la boquinha frente a lo espejo, de uno bermejo sangre se pintando, para que quando este momento chegase sua boquinha pareciese uno morango encarnado partido al medio de tão ajú: ajuetereí: ajuetereirasá. Madurisisísimo.

Cuando eu vi iso me hirvió la sangre, e então caminei entre todo lo gentío por mim detestado e amado a la mesma vez. Avancé me abrindo paso entre la multitú, como si eu fose uno Monzón o uno Taison sudaca rumbo ao ringui da felicidade. Mejor diciendo, te juro que Monzón ou Taison ouviesen caminado como eu, cuasi danzando, si ouviesen ido procurar lo título mundial com la zabeca toda chena de uma música desenfrenada e triste e encima do ringui estiviese los esperando uma minina porã porã, tão poraité demais, que uno ficava bisco de tanto mirar, e le atacavam a uno visiões de outro mundo: uma flor gigante da que salíam volando mulheres desnudas, uma cidade com seus túneles e avenidas, uma chuva de vacas como la que cayó en Sidney West cayendo sobre Paso de los Libres City, ou quem sabe cuantas coisas que naquele momento de emoción se me fuyeron da zabeca ou que agora não me poso mais lembrar.

Chegando a la minha nave conversível subí de uno salto e cerré lo techo. Acontece que la multitú tenía nos rodeado mientras danzaba ensoberbecida uno cateretê de meter medo a cualquer uno, au tempo que aullava La mata hombre, que vosé sabe foi lo primero git meu que levantou polvadera no planeta:

ela vem sacudiendo suas caderas
uma dosis de sexo rimbombante
te chupa te mueve pra trás e pra adiante
sin sueño ou descanso noites enteras...

Así aullava la multitú que de repente ficou violenta e ¡AIAIAI! parecía vítima de súbita loucura cuando entró a bater meu conversível que sonava como si fose uma maquinaria de facer chamamé-tecno: tacatá-tucuchúmbi-chichí-tacatá-tucuchúmbi-chichí...

Nesse momento eu pensei que não te contaria lo cuento, porque feché los ojos e vi eu e minha minininha poraité convertidos num montão de nada. Quise pensar nu futuru mas não conseguí, como si lo tiempo se ouviese terminado. Se me ocurrió que ya não fósemos dois corpos acendidos: tatapÿi: tata: tatarendy: uno montão de pelos e nervos e flujos e sangue borboteante, uno cheiro de bicho misturado com Channel, as tetinhas paradinhas de minha minininha, as dois bombas de urânio enriquecido que ambos los dois levávamos entre as pernas. Cuando feché los ojos vi que nos dois ya não esistíamos. Convertidos em nenguna nada éramos de volta a las tinieblas primigênias, onde sólo hay lo silencio. Pero então foi que la coisa não me gostou nada e me puse bravo bravo, porque eu não poso me imaginar no silêncio primigênio, onde não tem lo chamamé. Por iso abrí los ojos, acendí la máquina, puse lo turbo e salimos tocando tutuu-tutuuuuuu-titiiii em minha nave conversível, deijando algunos mal feridos detrás. ¡Añaretãmeguá!


Poraité: hermosa
Ajú: maduro
Ajuetereí: madurísimo
Ajuetereirasá: madurisísimo
Porá: linda
Cateretê: bras. dança rural muito difundida em que os participantes formam duas filas, uma de homens e outra de mulheres e, ao som de música, sapateiam e batem palmas
Tatapÿi: brasa
Tata: fuego
Tatarendy: llamas
Añaretãmeguá: infernal

2 Comments:

At 9:32 a. m., Anonymous Anónimo said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. » » »

 
At 8:35 p. m., Anonymous Anónimo said...

That's a great story. Waiting for more. help pay public service bill chevrolet venture 98 electrical

 

Publicar un comentario

Links to this post:

Crear un vínculo

<< Home

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.5 Argentina License. More blogs about www.lunaguerra.blogspot.com.